TOPO  

Web Scraping e Crawling com IPv6 [Guia]

Atualmente, a raspagem e o rastreio da Web são imprescindíveis para a extração e análise de dados. O IPv6, a versão mais recente do Protocolo Internet, revolucionou estes processos.

Por isso, vou mostrar-lhe como utilizar o IPv6 para raspagem e rastreio da Web. Verá como se faz, quais são as vantagens, quais os desafios que poderá enfrentar e, mais importante, como os resolver.

Índice

  1. TL:DR Web Scraping e Web Crawling
  2. Web Scraping e Crawling com IPv6 - Como o fazer?
  3. Benefícios da utilização do IPv6 para Web Scraping e Crawling
  4. Potenciais desafios ao fazer Web Scraping e Crawling com IPv6
  5. Utilização do IPv6 para Web Scraping - Casos de utilização
  6. Considerações Finais

1. TL:DR Web Scraping e Web Crawling

Raspagem da Web refere-se ao processo de extração de dados de sítios Web, ao passo que o web crawling percorre regularmente a Web em busca de informações recentemente indexadas.

2. Web Scraping e Crawling com IPv6 - Como o fazer?

Para uma raspagem eficaz da Web, a utilização de Proxies IPv6 é crucial. Ajudam a contornar as restrições baseadas no IP e a manter o anonimato, o que é essencial para a recolha de dados.

a. Pré-requisitos

Antes de começar, certifique-se de que as suas ferramentas de recolha de dados estão preparadas para o IPv6. Esta compatibilidade é essencial para uma extração de dados sem problemas.

Distribua o seu orçamento de rastreio:

Utilizar um variedade de endereços IPv6 reduzirá significativamente os possíveis bloqueios impostos pelos seus sítios Web visados.

b. Configuração

  • Escolha uma ferramenta de recolha de dados da Web adequada: Seleccione uma ferramenta ou software que seja compatível com o IPv6. Algumas das opções mais populares são bibliotecas Python como Scrapy e Bela Sopa.
Scrapy
Foto de scrapy.org
  • Compatibilidade com o IPv6: Certifique-se de que a sua ligação à Internet está preparada para o IPv6. Contacte o seu ISP se não tiver a certeza da sua conetividade IPv6.

c. Obter proxies IPv6

Os proxies ocultam o seu endereço IP, ajudando-o a contornar as restrições dos sítios Web e a evitar proibições. Proxies IPv6 oferecem uma vasta gama de endereços IP, o que os torna ideais para a recolha de dados.

  • Selecionar um fornecedor de proxy: Escolha um fornecedor que ofereça proxies IPv6 fiáveis. Considere factores como o custo, a velocidade e o anonimato. Os proxies podem ser HTTP ou SOCKS5.
  • Configurar o seu proxy: Configure o proxy na sua ferramenta de recolha de dados. Normalmente, isto implica introduzir o endereço e a porta do proxy nas definições da sua ferramenta. No entanto, estes passos são apenas os básicos, necessários para a maioria das ferramentas. Deve consultar a documentação da sua ferramenta ou o seu fornecedor de proxy para os integrar sem problemas.

d. Prepare o seu script de raspagem

e. Utilizar o raspador

  • Comece com execuções de teste: No início, lance testes em pequena escala para garantir que o seu raspador funciona como pretendido. Monitorize o desempenho e, se necessário, ajuste o seu guião.
  • Respeitar as regras do sítio Web: Não é preciso dizer isto, mas verifique sempre o sítio Web robots.txt e seguir as suas directrizes para evitar potenciais problemas jurídicos.

f. Gerir os dados adquiridos

  • Armazenamento de dados: Decida como vai armazenar os dados extraídos. Na maioria dos casos, pode escolher entre bases de dados, ficheiros CSV ou JSON.
comparação json vs csv

Crédito da imagem: Coresignal

  • Estar preparado para os desafios: Em teoria, tudo pode ser perfeito, mas a recolha de dados da Web no mundo real apresenta desafios. Dito isto, esteja preparado para lidar com desafios comuns de raspagem, como CAPTCHAs e proibições de IP. A utilização de um conjunto rotativo de proxies IPv6 pode ajudar a resolver estes problemas potenciais.

g. A escala é inevitável

  • Estar pronto para escalar: À medida que se sentir mais confortável, pode escalar as suas operações de raspagem. Pela minha experiência, isto é always o caso. O escalonamento envolve a utilização de mais proxies e a execução de vários scrapers em simultâneo. Se não tiver o orçamento disponível, considere cuidadosamente a sua estratégia.
  • Manutenção: Isto é crucial no mundo Web em constante evolução. Actualize e mantenha regularmente os seus scripts de raspagem, especialmente porque os sítios Web mudam frequentemente a sua disposição e estrutura.

3. Benefícios da utilização do IPv6 para Web Scraping e Crawling

Considerando a quantidade de factores que podem influenciar a sua estratégia e a incerteza, pode estar a perguntar-se porque é que o IPv6 é uma boa ideia.

Esta é uma pergunta lógica, considerando que o IPv4, eliminará pelo menos um problema potencial - compatibilidade. De facto, menos de 40% de todos os sítios Web não suportam IPv6.

Ainda assim, o IPv6 oferece várias vantagens que não pode ignorar.

  1. Melhoria do anonimato e da segurança: O IPv6 suporta IPsec, que oferece ligações encriptadas e seguras. Isto é crucial para a privacidade durante a recolha de dados de sítios Web.
  2. Acessibilidade: Surpreendentemente, os endereços IPv6 são mais baratos do que os IPv4. Isto reduzirá os custos operacionais.
  3. Melhor desempenho: O formato de cabeçalho mais simples do IPv6 e o encaminhamento mais eficiente (em comparação com o IPv4) conduzem a um melhor desempenho global da rede.
  4. Estratégia a longo prazo: Começar com o IPv6 garante compatibilidade e relevância a longo prazo à medida que a Internet transita para este protocolo. Cada vez mais plataformas vão considerar o IPv4 obsoleto, pelo que é melhor preparar-se para o futuro.

Pretende melhorar a recolha e o rastreio da Web com o IPv6?

Aumente a sua eficiência com os serviços de proxy IPv6 fiáveis do RapidSeedbox. Desfrute de raspagem e rastreamento da Web mais rápidos e seguros, apoiados por um desempenho excecional e um suporte robusto.

4. Potenciais desafios ao fazer Web Scraping e Crawling com IPv6

a. Adoção limitada do IPv6

O problema:

Apesar das suas vantagens, o IPv6 ainda não foi adotado em massa. Muitos sítios Web e fornecedores de serviços Internet ainda dependem do IPv4, o que pode limitar a eficácia da recolha de dados com base no IPv6 em determinados cenários.

Como resolver o problema:

Utilize sistemas de pilha dupla que suportem tanto IPv4 como IPv6. Esta abordagem híbrida garante a compatibilidade com todos os tipos de redes e sítios Web. Além disso, a utilização de um serviço de proxy que oferece endereços IPv4 e IPv6 oferecerá mais flexibilidade.

b. Complexidade técnica

O problema:

O transição do IPv4 para o IPv6 pode ser tecnicamente difícil para algumas empresas. O IPv6 tem um esquema de endereçamento diferente e exige actualizações da infraestrutura de rede e do software. Isto exigirá mais despesas e uma gestão adequada da rede.

Como resolver o problema:

Invista em formação para que a sua equipa compreenda o IPv6. Além disso, escolha ferramentas e software de recolha de dados da Web concebidos para funcionar sem problemas com IPv4 e IPv6. Isto reduz os encargos técnicos e garante operações mais fáceis.

Além disso, certifique-se de que a sua equipa tem conhecimentos adequados sobre a forma de resolver potenciais problemas de compatibilidade com o IPv6.

c. Questões de compatibilidade

O problema:

A maioria dos sistemas e ferramentas mais antigos e a maioria dos sítios Web podem não ser compatíveis com o IPv6, o que pode impedir os seus esforços de recolha de dados. Não se esqueça de que a maioria dos sítios bem conhecidos o suportam, mas se necessitar de algum conhecimento específico de um nicho, a maioria dos sítios mais pequenos suportam apenas o IPv4.

Como resolver o problema:

Actualize gradualmente as suas ferramentas e sistemas para serem compatíveis com o IPv6. Entretanto, utilize um serviço de proxy que possa traduzir endereços IPv6 de volta para IPv4 quando necessário, o que garantirá um acesso ininterrupto a todos os tipos de sítios Web. Isto será extremamente útil quando estiver a escalar.

d. Gestão de endereços IP

O problema:

Embora o IPv6 ofereça um enorme conjunto de endereços IP, a gestão destes endereços para a recolha de dados da Web pode ser complicada, especialmente quando se trata de operações de escalonamento.

Como resolver o problema:

Utilize ferramentas avançadas de gestão de proxy que possam automatizar a atribuição e a rotação de endereços IPv6. Isto ajuda a gerir eficazmente um grande número de IPs e reduz o risco de ser bloqueado por sítios Web alvo.

Por exemplo, o RapidSeedbox oferece 100 endereços IPv6 diferentes no seu plano mais económico.

e. Segurança

O problema:

Com o aumento da adoção do IPv6, pode haver preocupações em relação à segurança e à privacidade, especialmente quando se procede à recolha de dados sensíveis.

Como resolver o problema:

Certifique-se de que as suas operações de recolha de dados cumprem as leis de proteção de dados. Utilize ligações seguras e encriptadas para as suas operações de recolha de dados. Além disso, escolha fornecedores de proxy que dêem prioridade à segurança e à privacidade. Por último, mas não menos importante, certifique-se de que verificou as regras dos sítios Web visados.

f. Medidas de deteção e anti-scraping

O problema:

Os sítios Web utilizam cada vez mais medidas sofisticadas de anti-raspagem que podem detetar e bloquear actividades de raspagem, mesmo com a utilização de proxies. Estas medidas de prevenção aumentaram desde o lançamento do ChatGPT.

Como resolver o problema:

Utilize técnicas de raspagem mais sofisticadas, como a rotação de agentes de utilizador, a variação dos intervalos entre pedidos e a utilização de ferramentas de raspagem mais avançadas que possam imitar os padrões de navegação humana.

Além disso, aplique práticas de raspagem éticas para respeitar os termos do sítio Web e reduzir o risco de ser bloqueado.

5. Utilização do IPv6 para Web Scraping - Casos de utilização

A utilização de proxies IPv6 para recolha de dados da Web abre um leque de possibilidades devido às suas características únicas. Eis os casos de utilização potencial mais comuns:

a. Recolha de dados em grande escala

Os proxies IPv6 têm um enorme conjunto de endereços IP, o que os torna ideais para a recolha de dados em grande escala. Isto é particularmente útil para empresas e investigadores que precisam de reunir extensos conjuntos de dados de vários sítios Web sem serem restringidos por limitações de IP.

b. SEO e estudos de mercado

As empresas e os especialistas em SEO utilizam a recolha de dados da Web com proxies IPv6 para monitorizar os seus concorrentes, acompanhar as classificações de SEO e compreender as tendências do mercado.

O grande número de IPs disponíveis ajuda a recolher eficazmente dados de diferentes regiões e motores de busca sem acionar medidas anti-raspagem.

A maioria das ferramentas de SEO no mercado, como Ahrefs, Semrush e outras, baseia-se na recolha de dados IPv6 da Web para monitorizar as posições SERP dos seus clientes.

c. Comércio eletrónico e comparação de preços

Não sei se vendeu Nike's recentemente, mas as pessoas estão literalmente a ganhar milhões de dólares a vender ténis.

Os retalhistas e as plataformas de comércio eletrónico podem utilizar a recolha de dados da Web para monitorizar os preços dos concorrentes, a disponibilidade dos produtos e as opiniões dos consumidores.

Os proxies IPv6 permitem-lhes fazer scraping extensivo dos sítios Web da concorrência sem o risco de serem bloqueados, garantindo que dispõem dos dados mais recentes para estratégias de preços competitivas.

d. Análise das redes sociais

Para a análise dos meios de comunicação social, o scraping com proxies IPv6 permite a recolha de grandes quantidades de dados de plataformas sociais. Estes dados podem ser utilizados para análise de sentimentos, deteção de tendências e compreensão do comportamento do consumidor. Para mais informações sobre scraping de redes sociais, consulte Captura de dados do Facebook e do Twitter.

Nota: Na maioria dos casos, a recolha de dados das redes sociais pode ser considerado ilegal e uma violação dos direitos de autor nalgumas jurisdições, pelo que deve estar atento a potenciais problemas legais.

e. Investigação académica:

Trata-se de um caso de utilização raro, mas os investigadores podem recolher grandes quantidades de dados de várias fontes em linha para os seus estudos.

Os proxies IPv6 facilitam o acesso ininterrupto e anónimo a sítios Web, o que é crucial para a recolha de conjuntos de dados imparciais e abrangentes.

f. Agregação de conteúdos

O Web scraping é utilizado por agregadores de notícias e curadores de conteúdos para reunir artigos, publicações em blogues e notícias de toda a Web. Os proxies IPv6 ajudam a aceder a diversas fontes sem estarem limitados por restrições baseadas no IP.

No entanto, se planeia construir um site deste tipo, tenha em atenção que estes são muitas vezes considerados spam e podem ter dificuldades em ser classificados nos SERPs. O meu conselho é que utilize estas tácticas apenas para partilhar notícias.

g. Listagens de imóveis e propriedades

Com o boom do mercado imobiliário nos últimos anos, não é de surpreender que a recolha de dados em sítios de listagem de propriedades forneça dados valiosos sobre as tendências do mercado, os preços das propriedades e a disponibilidade.

Os proxies IPv6 permitem a extração destes sítios em grande escala sem serem detectados.

h. Tarifas de viagem

As agências de viagens e os sítios de comparação de tarifas podem utilizar a raspagem da Web para recolher dados sobre preços de voos, hotéis e aluguer de automóveis. Após o Covid, esta tática tornou-se extremamente eficaz. Os proxies IPv6 permitem que esses agregadores acedam a essas informações de vários fornecedores em simultâneo e proporcionem uma excelente experiência ao utilizador.

i. Verificação do anúncio

Os anúncios são mais poderosos (e mais caros) do que nunca, e as empresas devem utilizar a recolha de dados da Web para verificar se os seus anúncios em linha são apresentados como pretendido e verificar a existência de fraude nos anúncios. Os proxies IPv6 permitem-lhes verificar anonimamente os anúncios em diferentes regiões e plataformas.

j. Cibersegurança

Pela minha experiência como especialista em cibersegurança, a raspagem é frequentemente utilizada para recolher dados sobre potenciais ameaças à segurança, como sítios Web de phishing ou actividades fraudulentas. Os proxies IPv6 proporcionam o anonimato necessário para essas operações sensíveis em grande escala.

Em todos os casos acima mencionados, a principal vantagem da utilização de proxies IPv6 é a capacidade de efetuar a raspagem da Web numa escala muito maior e com maior eficiência em comparação com o IPv4.

Isto deve-se ao espaço de endereçamento significativamente maior e à menor probabilidade de encontrar proibições de IP ou limites de taxa.

6. Palavras finais

A raspagem e o rastreio da Web com IPv6 representam um avanço significativo na extração de dados.

Se conseguir compreender e tirar partido desta tecnologia, você ou a sua empresa podem conseguir uma recolha de dados muito mais eficiente, segura e económica.

O transição para o IPv6 não é apenas uma atualização técnica, mas exige também um plano estratégico que vise atingir um determinado objetivo.

Pretende melhorar a recolha e o rastreio da Web com o IPv6?

Aumente a sua eficiência com os serviços de proxy IPv6 fiáveis do RapidSeedbox. Desfrute de raspagem e rastreamento da Web mais rápidos e seguros, apoiados por um desempenho excecional e um suporte robusto.

Isenção de responsabilidade: Este material foi desenvolvido estritamente para fins informativos. Não constitui uma aprovação de quaisquer atividades (incluindo atividades ilegais), produtos ou serviços. O usuário é o único responsável pelo cumprimento das leis aplicáveis, incluindo as leis de propriedade intelectual, quando utiliza os nossos serviços ou se baseia em qualquer informação aqui contida. Não aceitamos qualquer responsabilidade por danos resultantes da utilização dos nossos serviços ou das informações aqui contidas, seja de que forma for, exceto quando explicitamente exigido por lei.

Sobre o autor Deyan Georgiev

Avatar de Deyan Georgiev

Deyan Georgiev é o chefe da VPNCentral. Ele é especialista em software e tecnologia, focado em privacidade online e proteção de dados. Ele é um especialista certificado em cibersegurança e IoT pela University of London e pela University of Georgia. Além disso, Deyan é um defensor ávido da proteção de dados pessoais. Ele também possui uma especialização em privacidade da Infosec.

Junte-se a mais de 40 mil assinantes da newsletter

Receba atualizações regulares sobre casos de uso de Seedbox, guias técnicos, proxies, além de dicas de privacidade e segurança.

Diga o que você está pensando

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *